sábado, 25 de dezembro de 2010

Texto Externo - "Dicas para impulsionar seu Espírito Criativo em Design"

A criatividade. A centelha para a realização de um trabalho. A inspiração, a base para ele. Abaixo está um trecho do texto (em inglês) de Arfa Mirza, retirado do site Tutorial Lounge, com dicas para incrementar seu processo criativo, e detonar em seus trabalhos:

Imagem: Reprodução/ Divulgação

Creativity is at its best when it is inborn. However, creativity is not something which cannot be learned. If you are a content writer, you will obviously end up polishing your writing skills with the passage of time. Same goes for graphic designing and creativity. If you have a spark for graphic designing, you can learn and improve a lot with the passage of time. The level of your creativity depends on your motivation and passion. Give it important or ignore it, creativity will come and go just like ocean tides. However, these tides can be controlled only if you are more passionate towards graphic designing.

A graphic designer is mainly responsible for designing websites and making sure that everything looks great as a web design. A website’s design will communicate half of your messages to the audience provided the fact that they are really creative yet not so complicated. There are a lot of blog posts displaying galleries of creative business cards which should help get your creative juices flowing.

Creativity and designing plays a very important role in delivering your message to your target audience. The specialty of hiring a graphic designer is that designers have their own way of coming up with designs and this can make life a lot easier for the website owner. As a graphic designer, you should always understand that designing is not about making perfect color combination’s or designs, it is about giving a complete form to something and a good, creative designer will have the capability to do so.

For a designer, it is very important to enhance his creative skills with the changing demands and with the passage of time. Following are a few tips to boost your creative designing spirits as a designer:

Leia o restante deste texto aqui.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

FELIZ NATAL!

Coca-Cola's Snow Globes Christmas - Making of



E aqui, a versão integral:

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Texto Externo - "Como convencer seu cliente em seu projeto"

Muitas vezes lidamos com clientes difíceis, onde temos de ter paciência e bom senso para discutir idéias. Abaixo está um trecho do texto (em inglês) de Arfa Mirza, retirado do site Tutorial Lounge (aliás, fica a dica - este é um site muito bacana, com tutoriais e dicas úteis):

Imagem: Reprodução/ Divulgação
Being a graphic designer is not at all an easy job. Every graphic designer will have his share of experience with the clients who have drive him crazy with his view points, thoughts and suggestions. No wonder, since it’s his brand a client understands the brand and the target audience the most and listening to him is a part of every graphic designer’s job description. However, there are a few clients who will do anything to make things go their way. So, it’s either their way or its highway.

In such situations, a graphic designer is under a big challenge because we as designers understand things a in a better way in comparison to clients. Explaining to clients that whatever they want for a web design can be disastrous for their website if quite difficult. A designer cannot tell a client on his face that his idea can be disastrous if executed. Sometimes clients will be stubborn on designs for something as simple as promotional postcards. Utilizing these tips will help you sway the client in your favor.

If you have fallen into a situation where you are working with a difficult client, you will have to think wisely. At times, clients can act so stubborn that won’t even mind listening to your suggestions and recommendations. If you are in a situation where client thinks that his idea is perfect and you think it’s going to be hazardous for the website, you will have to put in your efforts to convince the client that you know your job and he should let you do it.

Make sure whatever you say, say it with a smile on your face. Even if you suggest something, a client should feel that you are still giving importance to his suggestion however, for betterment of the design he should consider yours. Do not insult him or make him feel that he knows nothing.

Leia o restante deste texto aqui.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Comercial norte-americano de Black Ops

Vagas em Comunicação

Hoje vou sugerir mais um site que divulga vagas na área de comunicação: o Vagas em Comunicação. Vale uma olhada!


Campanha - Telefonica O2 - Boxes


País: República Tcheca
Agência: VCCP
Marca: Telefonica O2

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

AXE - Sua idéia pode valer até US$10.000 em prêmios



Saiba mais aqui.

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Blog do Cout

A algum tempo eu falei sobre o site de vagas Na Labuta.
Hoje vou sugerir mais um: o Blog do Cout, um blog atualizado frequentemente, que divulga vagas de empregos, estágios e freelas na área de comunicação. Vale uma olhada!

Imagem: Reprodução/ Divulgação


sábado, 4 de dezembro de 2010

Reportagem Externa - 2011: Aplicativos e geolocalização são tendências para o Mobile Marketing

Esta é uma reportagem externa, do Portal HSM.

Imagem: Reprodução/ Divulgação













Em entrevista ao Portal HSM, Flavio Horta, diretor da Digitalks, fala sobre as oportunidades existentes neste mercado e ressalta ações que realmente fazem a diferença para o consumidor

Dentro do campo de estudo do marketing digital, o mobile marketing tem sido alvo há algum tempo de experimentações por parte das empresas. Fazer uso do celular como meio paraações de relacionamento com os clientes abre margem para uma infinidade de recursos, que variam desde o tradicional SMS até aplicativos mais arrojados que proporcionam interação com o usuário.

Dados da Pesquisa Internet Pop, divulgados pelo IAB em outubro de 2010, apontam que 14% da classe A já utilizam internet pelo celular. Contudo, de acordo com Flavio Horta, publicitário e diretor da Digitalks, a queda de preços dos aparelhos e a popularização dos smartphones e dos planos de internet permitiram que a classe C passasse a ter acesso a estes aparelhos móveis com acesso à internet. “Com isso, o mercado de publicidade ganha novos adeptos e maior penetração para as empresas trabalharem o mobile marketing no Brasil”, complementa.

Para o executivo, mobile marketing é promissor no Brasil, pois as estratégias das empresas ainda estão em fase embrionária, apesar de terem avançado muito nos últimos tempos.
Países como Estados Unidos e Japão já permitem efetuar pagamento de produtos via celular e, principalmente utilizar o serviço de geolocalização, que para Horta é uma tendência no mercado nacional de mobile marketing. “Esta é uma enorme oportunidade para as empresas oferecerem produtos e serviços de acordo com a localização do cliente. Por exemplo, hoje já existem aplicativos onde você procura restaurantes, bares, lojas e entretenimentos mais próximos da sua localidade”, pontua.

Leia esta entrevista na íntegra aqui.